gallery/logotipo

(Voltar ao índice)

Região malar (maçãs do rosto) e Face-lift

gallery/face

Implantes faciais

Para que serve?

  • Melhora o contorno facial

O que é?

  • Os implantes faciais são sólidos com a forma apropriada para melhor definir o contorno e volume de áreas como o queixo, mandíbula, nariz, maçãs do rosto e ao lado do nariz (seios paranasais). Implicam um procedimento cirúrgico em que, sob uma abordagem com cicatriz em zonas facilmente disfarçáveis (muitas vezes por dentro da boca), se coloca o implante junto do osso e se fixa com recurso a parafusos ou suturas. Tem a vantagem em relação ao aumento de volume com ácido hialurónico ou enxerto de gordura de conferir uma forma mais definida, com traços mais demarcados (exemplo: bordo mandibular ou queixo) e de forma definitiva, ao contrário do ácido hialurónico

Tempo do procedimento

  • 1 hora

Outros procedimentos que se podem associar

  • Preenchimento com enxerto de gordura, toxina botulínica, face-lift completo, mini-lift, blefaroplastia

Tipo de anestesia

  • Anestesia geral.

Cicatriz

  • Dependente da região tratada, mas geralmente cicatriz em zonas facilmente disfarçáveis (muitas vezes por dentro da boca)

Internamento

  • Não necessita de internamento

Recuperação

  • Regresso ao trabalho em 2-3 dias para actividade ligeira, embora possa manter-se algum inchaço até cerca das 3 semanas

Riscos e problemas mais frequentes

  • Inicialmente inchaço, nódoas negras. A assimetria, infecção, e contractura capsular são riscos que têm que se ter em consideração, nomeadamente pelo facto de o implante ter carácter definitivo e poder permanecer dentro do corpo por muitos anos. Por vezes, surgindo essas complicações, a única forma de as corrigir é removê-lo

Longevidade do procedimento

  • Vitalício