gallery/logotipo

(Voltar ao índice)

Mama e Tórax

gallery/breast

Para que serve?

  • Reduz o tamanho da mama e melhora os sintomas físicos e emocionais causados por peitos muito grandes

O que é?

  • A cirurgia de redução mamária, também denominada de mamoplastia de redução, é um procedimento cirúrgico que consiste na excisão de parte do tecido mamário e cutâneo de maneira a obter uma forma mais harmoniosa e adaptada ao corpo da mulher, permitindo ainda recolocar o mamilo perto da sua posição ideal. À técnica de redução mamária é associada frequentemente a lipoaspiração dos prolongamentos laterais da mama, para obter um resultado mais favorável. O gigantismo ou hipertrofia mamária são por vezes um estigma social e podem também estar associados à dor de costas, pescoço e marcas do soutien nos ombros nos casos mais severos. É importante, no entanto, estar ciente que a manutenção de um peso corporal apropriado é importante na obtenção de maior segurança cirúrgica e resultados mais fiáveis e duradouros

Tempo do procedimento

  • 1h30 a 2h30

Outros procedimentos que se podem associar

  • Abdominoplastia, lipoaspiração, lift das coxas (cruroplastia)

Tipo de anestesia

  • Anestesia geral

Cicatriz

  • Conforme o tamanho e forma da mama, as opções cirúrgicas variam entre a técnica de cicatriz vertical - uma cicatriz à volta da aréola combinada com uma cicatriz vertical abaixo da aréola - ou então essas mesmas cicatrizes em associação a uma outra cicatriz horizontal ao longo do sulco inframamário (a chamada cicatriz em “T” invertido)

Internamento

  • 1 a 2 dias de internamento

Recuperação

  • Pode regressar ao trabalho em cerca de 7-10 dias desde que não implique esforços. Recomendamos que a elevação completa dos braços se inicie apenas a partir da segunda semana. A actividade desportiva pode ser realizada a partir das 6 semanas. Deve também usar um soutien compressivo (recomendado pela nossa equipa) durante 6 semanas. Ao fim de alguns meses, as cicatrizes obtêm uma tonalidade semelhante à da pele circundante, ficando menos perceptíveis. A drenagem linfática feita por profissionais com experiência neste tipo de procedimentos é uma técnica complementar que pode ser realizada a partir dos 15 dias

Riscos e problemas mais frequentes

  • Por vezes inicialmente surge um desconforto facilmente tolerável e controlável com analgesia, inchaço (que pode ser prolongado no tempo), ou atraso na cicatrização, sendo também possível a sensação de calor durante algumas semanas, e mudança na sensibilidade do mamilo (aumentada ou diminuída). Menos frequentes são a cicatrização em excesso ou hiperpigmentação das cicatrizes, o hematoma, infecção ou zonas de maior dureza e consistência (focos de esteatonecrose - tecido desvitalizado remanescente, geralmente decorrente de cirurgias em mamas de muito grandes dimensões). As mamas podem ser sensíveis à estimulação por algumas semanas. Com o tempo, a perda de elasticidade dos tecidos, traumatismos, alterações do peso ou gravidezes podem alterar a forma da mama

Longevidade do procedimento

  • Os resultados perduram por muitos anos, podendo haver variáveis (a perda de elasticidade dos tecidos com a idade, traumatismos, alterações do peso ou gravidezes) que condicionam o resultado

Redução Mamária

gallery/arrow-anim