gallery/logotipo

(Voltar ao índice)

Mama e Tórax

gallery/breast

Para que serve?

  • Melhora ou corrige os resultados da cirurgia anterior de melhoria da mama

O que é?

  • As razões mais comuns para a procura de revisão da cirurgia de implante de mama são a deflação, a troca do implante (tamanho ou tipo), contractura capsular, mau posicionamento do implante, deformidade em "bolha-dupla", ou uma combinação destas questões. Quando um implante mamário é inserido forma-se um tecido cicatricial em redor como parte do processo de cura natural, denominado de cápsula. A cápsula pode, por vezes, engrossar e apertar e comprimir o implante criando uma forma distorcida de mama. O objectivo da cirurgia de revisão é ajudar a restaurar um contorno mais jovem e aparência atraente. Para isso, pode ser necessário recorrer à mesma técnica cirúrgica ou a uma técnica diferente, incluindo técnicas de lift mamário (mastopexia)

  • Os implantes mamários que são colocados hoje em dia têm melhor perfil de segurança e resistência do que antigamente, e algumas marcas inclusivamente fornecem garantia contra a sua ruptura durante alguns anos. Se colocou próteses mamárias há 10-15 anos, esse modelo poderá não ter as mesmas características das que são usadas agora e pode eventualmente merecer uma avaliação em consulta. Actualmente, se não houver qualquer complicação, não há indicação para revisão das próteses modernas apenas "porque sim", tem de haver algo que justifique a cirurgia, seja ruptura ou qualquer outra complicação, como contractura capsular, assimetria ou ptose (queda da mama)

Tempo do procedimento

  • 1h a 2h

Outros procedimentos que se podem associar

  • Correcção de assimetria mamária, lipoaspiração, preenchimento com enxerto de gordura (“lipofilling”), abdominoplastia, lift das coxas (cruroplastia), face-lift, blefaroplastia

Tipo de anestesia

  • Anestesia geral

Cicatriz

  • Pode recorrer-se à cicatriz pré-existente ou haver necessidade de ampliá-la, de modo a obter os melhores resultados possíveis

Internamento

  • Conforme os casos, em regime ambulatório ou com 1 dia de internamento

Recuperação

  • A recuperação depende do tipo de cirurgia necessária, mas genericamente podemos dizer que pode regressar ao trabalho em cerca de 5-7 dias desde que não implique esforços. Recomendamos que a elevação completa dos braços se inicie apenas a partir da segunda semana. A actividade desportiva pode ser realizada a partir das 6 semanas. Deve também usar um soutien compressivo (recomendado pela nossa equipa) durante 6 semanas. Ao fim de alguns meses, as cicatrizes obtêm uma tonalidade semelhante à da pele circundante, ficando menos perceptíveis

Riscos e problemas mais frequentes

  • Por vezes inicialmente surge um desconforto facilmente tolerável e controlável com analgesia, inchaço (que pode ser prolongado no tempo), atraso na cicatrização ou mudança na sensibilidade do mamilo (aumentada ou diminuída). Menos frequentes são a cicatrização em excesso ou hiperpigmentação das cicatrizes, o hematoma ou infecção. As mamas podem ser sensíveis à estimulação por algumas semanas. Com o tempo, a perda de elasticidade dos tecidos, traumatismos, alterações do peso ou gravidezes podem alterar a forma da mama. No caso de a cirurgia incluir a colocação de próteses mamárias é necessário ter em conta que no futuro tanto uma prótese mamária ou ambas podem ter também de ser removidas e/ou substituídas para o tratamento de problemas como a ruptura do implante, a formação de tecido de cicatrização em torno do implante - contractura capsular, o que pode causar a sensação de seio a sentir apertado ou duro -, hemorragia ou infecção. Há que alertar a paciente que o facto de ter sido submetida a uma cirurgia de revisão implica que estatisticamente está em maior risco de poderem surgir novas situações em comparação com outras pacientes que nunca necessitaram de revisão, pois poderá haver factores biológicos que aumentam a sua propensão, como a formação de contractura capsular ou a fraca elasticidade dos tecidos

Longevidade do procedimento

  • Os resultados perduram por muitos anos, podendo haver variáveis (a perda de elasticidade dos tecidos com a idade, traumatismos, alterações do peso ou gravidezes) que condicionam o resultado

Substituição de Próteses/Cirurgia de Revisão

gallery/arrow-anim